Eu nem sei expressar a minha felicidade ao ter viajado para Faro, só sei que foi um dos melhores lugares que conheci, uma cidade apaixonante!

Primeiramente eu que compartilhar o quanto essa viagem me custou. O bilhete de voo custou apenas 20 euros ida e volta! Foi uma das passagens mais baratas que comprei na vida, nem para ir à São Paulo é tão barato quanto ir para outro país aqui.  Eu voei pela Ryanair, não é a minha primeira vez com eles, mas até agora eu não tenho do que reclamar sobre o voo. Infelizmente snacks e bebidas são pagos, porque é uma empresa lowcost, assim como a Gol.

Bem, meu voo saiu às 19:05 horários local e cheguei à faro às 22:00. Eu infelizmente não consegui ver nada durante à noite, mas já me senti bem com a recepção no hostel, ali eu já estava em contato direto com a cultura de Portugal. Eu fiquei na pousada da Juventude, um lugar maravilhoso, super tranquilo e barato. Pelas 3 noites eu paguei somente 30 euros com café da manhã incluso. Fiquei em um quarto compartilhado com mais 6 meninas e com sorte peguei a beliche de baixo.

Café da manhã Pousada da Juventude

Eu não havia roteiro nenhum, fui decidindo tudo de última hora. Na manhã de sábado, tomei meu café da manhã e decidi pegar os pontos que o Google Maps me sugeria e sai sem rumo. Um dos primeiros lugares que eu vi foi esse cantinho maravilhoso ao lado do hostel. O Jardim da Alameda João de Deus ficava atrás do hostel e dava menos de um minuto á pé, era somente entrar num portão e eu já tinha um parque maravilhoso para apreciar.

Lá é um lugar muito bom para você aproveitar o dia tranquilamente, não é muito grande o parque, mas você consegue relaxar, encontrar com os amigos e fazer aquele maravilhoso piquenique sentindo e apreciando a natureza.

Jardim Alameda João de Deus

Depois do jardim, eu comecei a andar sem rumo e comecei a conhecer lugares incríveis. O primeiro ponto que eu achei foi esse simples cantinho, ele lembra muito aquelas fotos de tumblr, coisas simples e deixando essa foto maravilhosa!

Só que o mais complicado de tudo isso foi tirar essas fotos minha sozinha. Era muito complicado encontrar um lugar bom para tirar fotos, porque eu tinha que apoiar o celular numa posição que ficasse boa e que pegasse de corpo todo, como eu queria, fora que tinha que correr por conta do timer de 10 segundos, mas no final deu tudo certo. Depois desse cantinho maravilhoso, eu cheguei à antiga fábrica de cerveja, que fica bem no centro da cidade, localizada bem próxima ao mar. Nesse lugar acontece exposições, palestras, etc.

Antiga Fábrica de Cerveja

Ao lado da fábrica fica um pequeno parque, chamado Parque Biossaudável de Faro, onde tinha muitas pessoas sentadas na grama, passeando com seus cachorros e apreciando a vista que dava para Formosamar, que são pedacinhos de terra junto com as águas do mar. Ao lado, passa uma linha de trem da região que com certeza tem uma vista maravilhosa quando passa pela beira mar.

Parque Biossaudável de Faro
Formosamar
Antiga Fábrica de Cerveja

Seguindo da fábrica, eu fui para a Catedral de Faro e lá eu fiquei por 30 minutos apreciando uma música linda e sentada em frente à Catedral. Infelizmente estava fechada, acredito que fui em um dia errado, por esse ponto, haha.

Catedral de Faro

Depois de andar por esses lugares, fui seguindo em frente e encontrei o Arco da Vila, um ponto histórico de muita riqueza. Entrando nele, você consegue se perder fácil pelas ruas cheias de histórias de Faro. E também te dá acesso direto à Marinha de Faro, um lugar incrível que passei a tarde aproveitando o sol que não tenho aqui na Irlanda.

Arco da Vila

Assim que eu sai do Arco da Vila, eu fui diretamente para a Marinha de Faro e que lugar incrível, sério, nunca me senti tão bem e tão livre ao estar ali, observando pedacinhos do mar e os barcos branquinhos compondo a decoração do lugar. Próximo à marinha, tem o museu com exposições e histórias sobre o lugar, mas infelizmente eu não consegui visitar.

Marinha de Faro
Marinha no final de tarde

Depois de ficar na marinha aproveitando aquele sol incrível, eu decidi esperar pelo pôr-do-sol. Foi a decisão mais incrível que eu fiz. Eu pude ver aquele dia chegando ao fim com uma sensação de liberdade, satisfação e conquista, ali eu pude ver o quanto evolui como ser humano e como Deus faz tudo perfeitamente na hora certa.

Ainda nesse dia, eu comi um prato típico de Faro, bife à portuguesa que estava extremamente maravilhoso e fora que as refeições lá são baratas, mesmo sendo uma cidade bem turística.

No domingo, eu decidi ir à praia, mesmo no inverno, eu tive a sorte de os 3 dias de sol e com a temperatura máxima em torno de 20°. O próximo é o transporte de ônibus de Faro e eu paguei somente 5 euros para ir e voltar de lá. A sensação de estar na praia foi muito gratificante, eu me senti realizada e agradecida por tudo o que tinha acontecido naquela viagem, desde a minha saída de casa, o meu voo super tranquilo até a minha passagem pela cidade.

Praia de Faro
Praia de Faro

E para finalizar o dia e a viagem, eu fui conhecer um pouco de Faro durante à noite. As ruas são incríveis com lâmpadas amareladas que dão destaque às cores brancas da cidade. Infelizmente as fotos não saíram com boa qualidade e nem mostram tantos detalhes que vi durante à noite. Eu finalizei tudo isso com um belo Hambúrguer caseiro de um lugar bem conhecido por lá, que é a Hamburgueira da Baixa. E por incrível que pareça, um hambúrguer com uma coca, me custaram somente 8 euros.

Ruas de Faro à noite

Não tenho dúvidas de voltarei para lá o mais breve possível, agora com a companhia do meu marido, para ele também apreciar momentos lindos que eu vivi lá.

Bandeira de Portugal em frente à Marinha
Letreiro de Faro
Vista aérea de Faro e Algarve

E você, já tinha ouvido falar de Faro? O que achou da cidade? Eu posso dizer que vale muito a pena conhecer e se libertar em cada pedacinho da cidade, porque ela é apaixonante! 🙂

Posted by:Carol Pinheiro

26 anos, designer de interiores, ama animais, bichinhos de pelúcia e videogame. Espia o blog, porque tem muita diversidade e assuntos interessantes para compartilhar com vocês.